juntos no mesmo palco
11 setembro 2017

Última semana para artistas do audiovisual declararem o seu repertório

Termina a 15 de setembro a possibilidade das declarações de repertório dos artistas do audiovisual contarem para o ciclo de distribuição de direitos que vai ocorrer em outubro. A única forma de os artistas receberem os valores que lhes cabem pela utilização dos seus trabalhos protegidos é declararem o seu repertório.

A possibilidade das declarações de repertório dos artistas do audiovisual serem integradas no próximo ciclo de distribuição de direitos termina no dia 15 de setembro. A declaração de repertório é a forma de os artistas verem reconhecida a dos seus trabalhos protegidos e de, assim, receberem a parte que lhe cabe dos direitos cobrados pela GDA.

“Quando, em outubro, for realizada a Distribuição Audiovisual 2014, será igualmente levada a cabo uma atualização da distribuição dos diretos de 2012 e de 2013”, afirma Luís Sampaio, vice-presidente da GDA e coordenador da Comissão de Distribuição. “A conjugação de esforços entre os operadores da GDA e os artistas que declaram o seu repertório está a permitir entregar, de forma cada vez mais rápida, os direitos a cada vez mais cooperadores”.

“É essencial que os artistas declarem o seu repertório para que a GDA possa atribuir a cada vez mais pessoas os valores correspondentes aos direitos que lhes cabem”, afirma Carlos Vieira de Almeida, membro da Direção da GDA. “Já fizemos um grande esforço relativamente aos anos de 2012 e 2013, tendo conseguido nesta última distribuição, em junho, atingir 1300 artistas, sobretudo atores. É um recorde e um estímulo para continuarmos este trabalho”.